29/5/15

Apasionante final entre Sporting de Lisboa y Sporting de Braga, este domingo, por la Copa de Portugal, en el estadio de Jamor


A comitiva do SC Braga já se encontra na capital portuguesa, alojada no hotel Lagoas Park, em Oeiras, á espera da final que disputa no domingo no estadio nacional ao Sporting de Lisboa.
Antonio Salvador, presidente del Sporting de Braga
Diante dos jornalistas de A Bola, António Salvador mostrou-se um homem «calmo», e nada «ansioso». O presidente do clube minhoto afirmou que este é um «momento único na vida do clube», e reforça o «desejo de dar uma alegria aos adeptos». A final da Taça de Portugal joga-se no próximo domingo (às 17.15 horas), e o dirigente dos arsenalistas espera «que o Jamor sirva de inspiração». «Estou convencido de que vamos fazer história e erguer a taça». António Salvador avisa que «a equipa mais concentrada é a que vai ganhar», e sublinha o facto do Estádio Nacional ir receber «três boas equipas». «A equipa de arbitragem está com mérito nesta final». A equipa do SC Braga, orientada por Sérgio Conceição, treinou esta tarde de sexta feira no palco do jogo pelas 17.15 horas.

Este jogo do domingo, retransmitido para todo o Mundo pela RTP ao través dos seus diferentes canais, tem relevancia em todos os meios de comunicaçao portugueses desde esta semana. Na SIC, uma ampla reportagem refería como Sporting ou S.C. Braga, um deles vai levar a Taça de Portugal. 
O Sporting quer salvar a época no domingo, com a conquista da sua 16.ª Taça de Portugal de futebol, frente ao Sporting de Braga que procura confirmar o estatuto de quarto 'grande'. 
 Os "leões" vão disputar a sua 27.ª final na competição, depois de terem ficado precocemente afastados da luta pelo título nacional e de terem assegurado o terceiro lugar na I Liga, diante dos "arsenalistas", quartos a 18 pontos do Sporting, que vão disputar o troféu pela quinta vez. 
 Marco Silva comanda a equipa favorita no encontro de domingo, no Estádio Nacional, em Oeiras, não só pelo historial, nem pela vantagem pontual, mas também pelo saldo positivo dos embates perante a formação de Sérgio Conceição, que venceu em Braga, por 1-0, com um golo tardio de Tanaka, e goleou em Lisboa, por 4-1. 
O treinador do Sporting teve oportunidade de gerir o plantel praticamente desde que garantiu a presença no Jamor, a 08 de abril, para se apresentar no jogo decisivo com a sua melhor equipa, contando com o avançado argelino Slimani, que teve uma presença intermitente no 'onze' desde a Taça das Nações Africanas de 2015. 
Pelo contrário, o técnico do Sporting de Braga ainda ficou obrigado a segurar o quarto posto na última jornada da I Liga, quando quebrou um ciclo de cinco jogos sem vencer na prova, tendo, para domingo, como 'baixa' confirmada o médio Danilo, que integra a seleção brasileira no Mundial de sub-20, e Ruben Micael, Zé Luís, Mauro e Tiago Gomes em dúvida, todos por lesão. 

Para chegar à final e tentar quebrar o jejum de sete anos sem troféus, o Sporting começou de forma fulgurante, ao vencer por 3-1 o FC Porto, no Estádio do Dragão, superando depois três adversários secundários (Sporting de Espinho, por 5-0, Vizela, por 3-2, e Famalicão, por 4-0), antes de eliminar o Nacional nas meias-finais, com o empate 2-2 na Madeira e a vitória por 1-0 em Lisboa. A quinta 'caminhada' do Sporting de Braga até à final da Taça, que conquistou uma vez, começou de forma mais suave, com o triunfo por 4-1 diante do 'distrital' Alcains, seguindo-se quatro eliminatórias com primodivisionários, no terreno do rival Vitória de Guimarães (2-1), do agora bicampeão Benfica (2-1), em casa com o Belenenses (7-1) e a duas mãos com o Rio Ave (3-0 em Braga e 1-1 em Vila do Conde). 
No domingo, o Sporting volta a dispor da oportunidade de igualar o FC Porto no número de conquistas da Taça, cujo último triunfo remonta a 2007/08, enquanto o Sporting de Braga procura reeditar o sucesso da estreia, em 1965/66, depois de três finais perdidas, a penúltima das quais frente aos 'leões' (4-0). Sporting e Sporting de Braga disputam no domingo a 75.ª final da Taça de Portugal, a partir das 17:15, no Estádio Nacional, em Oeiras.